28 de novembro

GDF - Administrações Regionais

Histórico do SEI-GDF

Órgãos que já implantaram                                                                                                                                       

 

O Sistema Eletrônico de Informações – SEI começou a ser formatado no âmbito do Governo do Distrito Federal a partir da assinatura do Acordo de Cooperação Técnica n.º 02/2013, que foi celebrado entre o Ministério do Planejamento, a Embrapa, Companhia de Valores Mobiliários e o Governo do Distrito Federal com o intuito de formalizar uma estrutura colaborativa para a implantação do Processo Eletrônico Nacional (PEN) e disponibilizar o SEI como solução de processo eletrônico para os órgãos partícipes. No Governo do Distrito Federal o órgão responsável pela implantação e gestão do SEI-GDF foi a Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão (antiga Seplag), atualmente Secretaria de Economia do Distrito Federal (SEEC).

Em uma linha do tempo, as ações voltadas à implantação do Sistema Eletrônico de Informações no âmbito do Governo do Distrito Federal foram:

2014 – Início de análises e levantamentos de informações para a implantação do SEI:

  • Criação de Grupo de Trabalho para estudo de áreas da Seplag para iniciar a implantação do SEI;
  • Levantamento de informações sobre o sistema.
  • Estabelecimento da Estrutura de Governança de gestão do sistema;
  • Escolha do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) e do Arquivo Público do Distrito Federal (ArPDF) como implantação piloto. O CBMDF iniciou a implantação em 05/10/2014 com o Processo de “Consulta Prévia”;
  • Realizada a instalação do sistema SEI pela Subsecretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação – SUTIC e os pré-testes.

 

2015 – Estabelecimento das bases para a Gestão do SEI

  • Inclusão do Projeto de Implantação do SEI-GDF no Plano Estratégico de Governo 2015-2018;
  • Elaboração do Projeto de Implantação com Plano de Gerenciamento de Projetos, Plano de Riscos e Cronograma macro de implantação;
  • Consulta a PGDF quanto ao uso do Sistema e da assinatura eletrônica;
  • Participação no comitê de negócios do SEI no MP;
  • Planejamento orçamentário e de aquisições para a SUTIC;
  • Normatização do sistema para o GDF (multiórgãos): Publicação do Decreto 36.756, de 16 de setembro de 2015, que estabelece o Sistema Eletrônico de Informações (SEI) como sistema oficial para a gestão de documentos e processos administrativos no âmbito dos órgãos da Administração Direta e Indireta do Distrito Federal, e dá outras providências.

2016 – Novo decreto com incremento na estrutura de governança do SEI no âmbito do Governo do Distrito Federal:

  • No início desse ano o Projeto Implantação do Processo Eletrônico – SEI-GDF, foi definido como um dos projetos estratégicos do Governo do Distrito Federal no Programa “Gestão para Resultados”, no Subprograma “Implementação de Governança e Soluções Críticas de Informação Corporativa”; 
  • O decreto de 2015 foi então alterado pelo Decreto 37.565 em 23 de agosto de 2016 e contempla a nova estrutura de gestão do SEI-GDF, estabelecendo a Unidade Central de Gestão e as Unidades Setoriais de Gestão nos órgãos e entidades do Governo de Distrito Federal;
  • Publicação da Portaria nº 459/2016 – Portaria de Uso do SEI-GDF;
  • Nesse ano, o CBMDF finaliza a implantação do sistema na corporação, atingindo 95% da sua documentação produzida em meio eletrônico.
  • Redefinição do projeto de implantação e ajustes no Termo de Abertura de Projeto (TAP) eo Canvas – ferramenta de planejamento estratégico – e estabelecimento de cronogramas de implantação para todo o GDF;
  • A partir de junho de 2016 houve continuidade da implantação do SEI-GDF com reuniões periódicas da Unidade Central de Gestão do SEI com os Comitês Setoriais de Gestão dos órgãos em processo de implantação: SEMOB, SEGETH, IBRAM, SEPLAG, CGDF, PGDF, CM, CACI e Governadoria.

 

2017 – Reforço na governança do Projeto SEI-GDF:

  • O Projeto SEI-GDF estabelece nova metodologia para a ampliação das implantações do Sistema nos órgãos e entidades em função do novo Acordo de Resultados estabelecido pelo GDF;
  • Com a ampliação das implantações, foi estabelecido cronograma de capacitações em larga escala, projeto realizado em parceria com a Escola de Governo do Distrito Federal, ao todo foram capacitadas xxx turmas em 2017.

O ano de 2017 terminou com a Implantação do SEI em 33 órgãos da Administração Direta e Indireta do Distrito Federal do Distrito Federal: ArPDF, PMDF, SES, SEE, SEF, INAS, TERRACAP, SINESP, DFTRANS, SEDESTMIDH, IPREV, SECRIANÇA, AGEFIS, SSP, CODEPLAN, DETRAN-DF, SEAGRI, PROCON-DF, SLU, SEMA, ADASA, SEDICT, SEPE, BRB, SEC, DER, FAP, FEPECS e HEMOCENTRO.

 

2018 – Houve a implantação do SEI nas Administrações Regionais (RAs) e outros órgãos totalizando 46 órgãos. Em muitos casos a implantação se deu de forma colaborativa, haja vista que órgãos que já haviam implantado colaboravam com os que estavam iniciando a implantação, tendo sido implantado os seguintes órgãos: SETUL, EMATER, SEJUS, SECID,  RA XII Samambaia, RA XIII Santa Maria, RA XIV São Sebastião,  RA III Taguatinga,  RA XVIII Lago Norte, RA XXIII Varjão, RA IV Brazlândia, Vice-Governadoria,  SECOM, PCDF, FUNAP, RA VI  Planaltina, RA V Sobradinho I, RA VIII Núcleo Bandeirante, RA XIX Candangolândia, RA XXIV Park Way, RA IX Ceilândia, RA XXVI Sobradinho II, RA XXXI Fercal, METRÔ, CODHAB, NOVACAP, FUNAB, RA XI Cruzeiro, RA XXII Sudoeste e Octogonal, RA XX Águas Claras,  RA XXX Vicente Pires, RA I Plano Piloto, RA II Gama, RA X Guará, RA XXVIII Itapoã, TCB, DFPF, CEASA, JBB,  RA XVI Lago Sul, RA XXVII Jardim Botânico, RA XVII Riacho Fundo I, Regional RA XXI Riacho Fundo II, RA XXIX Setor de Indústria e Abastecimento, RA XXV Estrutural, FJZB, DF-GESTÃO, CEB, CAESB e DFPREVICOM.

O Projeto finalizou em maio, com a implantação em todos os órgãos do GDF, tornando o governo 100% eletrônico.

 

2019 – Após a finalização da implantação do SEI-GDF, foram realizadas as ações de manutenção e estabilização do sistema, bem com como a transição de governo. Foram implantados novos sistemas integrados ao SEI-GDF: Barramento de Serviços do PEN e Sistema de Peticionamento Eletrônico do GDF.

Órgãos instituídos oficialmente e que passaram a utilizar o SEI-GDF em 2019: SEDRM, SERINS, SRI, SEAC, SETUR, SEL, IGESDF, CEB Lajeado, RA XXXII Sol Nascente/Por do Sol, JUCIS e RA-XXXIII Arniqueira.

 

2020 – Publicação de novo decreto do SEI-GDF, incluindo no rol de órgãos que integram o SEI-GDF, os serviços sociais autônomos e organizações sociais, com contrato de gestão firmado com o Distrito Federal.

  • Decreto Nº 40.803, de 21 de maio de 2020, que Altera o Decreto nº 36.756, de 16 de setembro de 2015;
  • Órgãos instituídos oficialmente e que passaram a utilizar o SEI-GDF: SERP, HCB-ICIPE, SEPD, SEAPE e SEFAM.

Novos órgãos à medida em que são oficialmente criados, são também criados e parametrizados no SEI-GDF.

 

Obs: Alguns dos órgãos que constam no histórico, cujos nomes mudaram após o período de implantação, hoje possuem novas siglas. Os nomes e siglas atuais podem ser encontrados na aba de atendimento do Portal: http://portalsei.df.gov.br/category/seigdf/atendimento/